Dando de cara – e de coração – com antigos sorrisos

ARTHUR E DEIRE1O compromisso para a noite deste domingo era: remexer velhas caixas de fotografia e selecionar, entre centenas delas, dez registros que nos ajudassem a pensar sobre o que já vivemos e sobre como a história que escrevemos pode nos ajudar a compreender melhor escolhas, sentimentos, alegrias e angústias.

Espalhamos tudo ali, sobre a cama. E mais do que um exercício existencial, psicológico, filosófico, até, aquele foi um momento dos mais divertidos! Arthur parecia não acreditar nos sorrisos seus que encontrara naqueles tempos. Eram muitos, em muitas fases e em diferentes companhias. Pode certificar-se de que construíra laços neste tempo. Reviu amigos. Reviveu afetos. Confrontou-se com as dúvidas atuais.

Juntos, nos encontramos ali, também: mãe e filho. Em tantas e tão diversas situações. E em todas elas, uma mãe e um filho que são reais. Sorrisos que brotavam de uma fé, inabalável, de que estávamos, desde sempre, a amarrar as pontas, a construir as pontes de que necessitaríamos logo adiante.

Esses reencontros com nossa história nos dão, inevitavelmente, novo fôlego. Nos obrigam ao compromisso de não esquecer quem somos. Nos conduzem a uma viagem em busca de antigos sorrisos.

Numa das fotos escolhidas por nós, sou integralmente o semblante de uma mãe à espera do nosso futuro. Uma alma transbordando de fé no que viria. Um desejo incondicional de proteger-te. Como o reconheço naquele olhar e naquele sorriso… São seus! São você. Mas é preciso caminhar até lá.

Crédito da foto: Selma Cândida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s